Halitose

Odonto 4 Kids
10 de julho de 2020
Prevenção
10 de julho de 2020

Quem Somos

A Clínica PURO HÁLITO funciona integrada ao Centro de Odontologia Avançada e Estética (COAE) e conta com um atendimento personalizado, diferenciado e muito criterioso para os pacientes que têm como queixa o mau hálito e os problemas dele advindos.

Nossa Missão:

Atender com excelência técnica e de forma ética e exclusiva cada um dos nossos clientes, buscando resultados expressivos em 100% dos casos.

Projetada pensando em seu conforto e conveniência, nossa clínica está localizada dentro do Shopping Paragem, no Bairro Buritis. O acesso é muito fácil e o shopping é servido por 14 linhas de ônibus. Se for de carro, o estacionamento rotativo é o mais em conta da cidade e lhe permite estacionar a 10 metros da clínica. Sem contratempos, sem chuva e sem procura ou falta de vagas!

Contamos com os melhores profissionais e equipamentos para o tratamento da halitose. Apoiados em equipamentos, softwares e instrumentais de última geração, nossa equipe estará sempre direcionada para apresentar soluções integradas e definitivas às necessidades de nossos clientes.

As causas da Halitose (mau hálito)

Inicialmente, é importante dizer que o mau hálito é um sintoma e não uma doença. Ele revela que algo no organismo está em desequilíbrio, o que precisa, através de exames, ser identificado e tratado.

Existem cerca de 90 causas para a Halitose. Aproximadamente 95% dos casos têm origem bucal. Uma das causas mais comuns, que é uma causa indireta, é a diminuição da produção de saliva.

Essa diminuição da quantidade de saliva favorece a formação de uma placa bacteriana (camada esbranquiçada) na parte posterior da língua, chamada de saburra lingual e no interior das amígdalas, em forma de uma pequena bolinha amarelada, chamada cáseos amigdalianos.

Existem muitas causas de halitose vindas de dentro do organismo, mas que correspondem a uma pequena parcela dos casos de halitose (menos de 2% dos casos).

É importante mencionar que o estômago não provoca o mau hálito crônico, podendo entretanto, provocar uma alteração breve e passageira no odor do hálito.

O tratamento da Halitose
Consulta de Avaliação

Recomendamos a consulta de avaliação apenas para quem tem dúvida sem tem halitose. Se o paciente tiver certeza de que tem mau hálito, o ideal é que ele informe, já no agendamento, que deseja fazer a consulta de avaliação e iniciar o tratamento no mesmo dia. Desta forma, mais rapidamente, em apenas poucos dias, ótimos resultados já poderão ser alcançados.

No caso de iniciar o tratamento no mesmo dia, a consulta realizada terá duração média de 02 a 03 horas. Para tratar a halitose é preciso olhar para o paciente como um todo, pois é comum existirem causas associadas. O aspecto emocional tem muita influência, pois muitas vezes pode causar uma hipossalivação (diminuição da quantidade de saliva) ou então a hipoglicemia (nível baixo de açúcar no sangue), ambas com potencial de causar o mau hálito.

Durante a consulta serão feitas várias perguntas e vários exames, a mensuração da concentração dos gases derivados do enxofre produzidos na boca (por meio do equipamento Halimeter), a verificação do fluxo salivar em repouso e sob estímulo mecânico (Sialometria), da xerostomia (sensação de boca seca) ou hiposalivação (baixa produção de saliva) e a medição do ph salivar(phmetria).

Finalmente, são feitos os exames extrabucal e bucal. No exame bucal são examinadas as condições dos dentes, gengiva, periodonto, tecidos moles (lábios, bochechas, etc.), língua, amigdalas e como está a higiene bucal do paciente, entre outras.

Com esses dados reunidos chega-se a um diagnóstico da(s) causa(s) do mau hálito, e é instituído um plano de tratamento. Por meio desse, o paciente saberá de onde vem seu problema, o que terá de ser feito para resolvê-lo, quantas sessões serão necessárias para o seu caso, o que será feito em cada sessão e o custo total do tratamento.

O Halimeter - Análise do Mau - Hálito

Hoje, através de aparelhos de alta tecnologia, podemos medir a concentração destes compostos derivados do enxofre, presentes na boca. Por meio deles medimos diretamente a intensidade do problema, permitindo também acompanhar a evolução do tratamento, o que é importante para o paciente, pois ele poderá ver em números, como está o seu hálito (normal ou alterado e o quanto está alterado).

Em nossa clínica utilizamos o Halimeter. Ele é um importante método auxiliar para confirmar o que foi analisado e diagnosticado em consulta.

Teste Organoléptico

O uso de sofisticados aparelhos não pode substituir a checagem do hálito pelo olfato humano (chamado de teste organoléptico). Sempre que o profissional tiver dúvidas sobre como está o odor do hálito do paciente, lançará mão do teste organoléptico para verificar se há alguma alteração.

É muito importante evidenciar que as patologias das vias aéreas superiores (sinusites, amigdalites, rinites, adenóides) podem gerar mau hálito principalmente por tornar o paciente um respirador bucal, o que irá gerar um ressecamento na mucosa bucal e consequentemente aumentar a descamação de células (pedacinhos microscópicos de pele), o que irá propiciar a formação de saburra lingual e do cáseos amigdalianos.

IMPORTANTE: Atendendo ao código de ética odontológico, durante a consulta informamos ao paciente todos os detalhes do tratamento, especialmente os riscos, vantagens, limites e chances de êxito, tudo isto por meio de um contrato que será lido pelo(a) dentista junto ao paciente, para que ele não tenha dúvidas.

Neste contrato damos garantias de resultados, mas ficará claro que esta garantia depende da participação ativa do paciente para obter e manter os resultados do tratamento, pois ele terá de executar diariamente as novas rotinas de hábitos de higiene, alimentares e de vida, que resultarão na conquista de um hálito puro e agradável.

Os resultados são obtidos em média de 01 a 02 semanas após o início do tratamento. Se existir suspeita de dentes e estruturas adjacentes que possam estar causando halitose como por exemplo, a má adaptação de próteses e restaurações ou problemas periodontais, serão pedidas radiografias, para auxiliar o diagnóstico.

O Resultado

Em termos de resultados, logo no retorno após 30 dias, mais de 90% dos pacientes já estão com seu problema sob controle e os 10% restantes precisam realizar um segundo ou terceiro retorno para obter um resultado excelente, pois são casos mais severos, tanto com relação às alterações do hálito.

Faremos o que for necessário para que todos os nossos pacientes conquistem e mantenham os objetivos principais do tratamento: Bom hálito e Segurança!

Contato

Entre em conato conosco, funcionamos de segunda à sexta de 08h às 20h e sábados de 08h ás 14h.

Agendamento
Agende agora seu Horário!